Olho Mágico - Vol. 8 - Nº 2 mai./ago.2001
LEITURA

CONSOLARO, Alberto. O "ser" professor: arte e ciência no ensinar e aprender. 2. ed., Maringá: Dental Press, 2000.

"Educar para a universidade significa ensinar a pensar sozinho". A partir desta afirmação, o Professor Alberto Consolaro (USP/Bauru) analisa diferentes fatores que influenciam o ensino e a aprendizagem na universidade do século XXI.

Composto por 15 capítulos, o livro apresenta inicialmente reflexões acerca do papel das instituições de ensino superior públicas e privadas. A essência da universidade, segundo o autor, está na missão de formar cidadãos conscientes, analíticos e críticos, com competência  para julgar e decidir, independentemente da profissão. Neste sentido, o fato de sair dela um médico, um jornalista ou um engenheiro torna-se secundário em relação à qualidade de recursos humanos e de trabalho que se quer formar.

Para isso, faz-se necessário um novo perfil de professor universitário, que reconheça o ensino como uma atividade consciente, planejada, política, porém, não desprovida de ética, dedicação e sensibilidade. Em outras palavras, o profissionalismo do professor universitário implica em planejamento de vida para este fim, caso esta seja a opção escolhida. Superado o atual modelo de ensino neoliberal, baseado na transmissão de conteúdos, a carreira docente aponta para a capacitação, a pesquisa e a prática profissionais. Neste contexto, continua o autor, ensinar é disponibilizar o acesso aos meios de informação a fim de resolver problemas, desenvolver habilidades sociais e a capacidade de expressão do aluno e aprender tem como consequência pensar e conhecer mais, questionar mais, tornar-se mais criativo e imaginativo para a melhoria do ser humano e da técnica.

Em seguida, o Professor Consolaro apresenta sua visão de Didática, considerada arte e ciência de ensinar e direcionadora de aprendizagem e discorre a respeito de planejamento e metodologia de ensino, avaliação, uso de recursos audiovisuais, entre outras características que favorecem ou dificultam o processo de ensino e aprendizagem. Diferencia terminologias, conceitos e técnicas de ensino frequentemente utilizados em Pedagogia e Didática e fornece dicas para o preparo e o êxito de aulas e apresentações orais.

A estrutura organizacional, os currículos e a necessidade da construção coletiva e implementação de projetos político-pedagógicos nas universidades brasileiras são discutidos nos capítulos seguintes. Entre as condições da atividade docente essenciais para o alcance da qualidade educacional técnica, política e pedagógica no ensino universitário, destacam-se o desenvolvimento do senso crítico, a autonomia, a liberdade de pensamento e opinião e a articulação entre ser, sentir, pensar e fazer.

A linguagem acessível e a aplicabilidade dos conceitos apresentados constituem qualidades que recomendam a leitura do livro do Professor Consolaro. Aos professores iniciantes, é útil para a compreensão das inúmeras funções, cargos, normas, regimentos e organogramas com os quais se deparam ao ingressar na carreira universitária. A todos, alerta para a importância da valorização do professor, que passa, obrigatoriamente, pela sua formação, salário e condição de trabalho. Trata-se da coerência entre o cidadão e o profissional que se quer formar e o perfil daquele que ensina: o "ser" professor gera, em todas as áreas do conhecimento, o compromisso individual e social com a Educação, ponto chave do século XXI.

Profª Leda Mezzaroba
Farmacêutica-Bioquímica, Mestre em Educação
Docente do Departamento PALD/CCS/UEL
mezza@sercomtel.com.br

Hot Links:

Os links abaixo fornecem informações  e ferramentas úteis  para educadores em saúde em diversos contextos - no desenvolvimento de apresentações  didáticas, como referencias para a auto-aprendizagem dos estudantes, ou nos programas de intercambio com o setor de serviço.

 Biblioteca de Imagens de Micróbios (www.microbelibrary.org). (acessado em 10 de agosto, 2001).  O site mantém mais de 200 imagens, preparadas pela Sociedade Americana de Microbiologia, de micróbios, preparações  microbiológicas, e mecanismos de defesa do hospedeiro.  Estas imagens são coloridas, alguns com rótulos detalhados, e na maioria dos casos, acompanhadas por um breve resumo.  Em uma subsecção do site chamada Translations, se acham 40 destas imagens com títulos e resumos em português.  Quando a imagem é vista como vista ampliada e possível  selecionar tudo e, em seguida,  salvar como...  para arquivar a imagem no disco duro do computador ou no disquete.  Os arquivos são na forma JPEG, consumindo aproximadamente 25 – 50 kb de espaço cada um.   As imagens assim arquivadas podem ser inseridas como Clip Art em uma apresentação Powerpoint usando a função importar clipes, selecionando o formato de intercambio JPEG.  Elas aparecem no setor Figuras do Clipart Gallery.  Naturalmente as imagens que tem direitos autorais devem ser tratadas com as restrições apropriadas.  

Modulo Sobre Reforma e Financiamento no Setor de Saúde  (Health Sector Reform and Sustainable Financing: Introduction to the Concepts and Analytical Tools; www.worldbank.org/healthreform/flagship/class/module1/index.htm). (acessado 10 de agosto de 2001).  O Banco Mundial desenvolveu este modulo para permitir a auto-aprendizagem nas áreas de política e financiamento de saúde, principalmente por profissionais de saúde e estudantes de economia.  O modulo está dividido em oito capítulos, cobrindo os conceitos e medidas econômicas de eficiência e equidade, alem dos pontos básicos e aspectos mais técnicos de mercados e financiamento.  Cada capítulo esta acompanhada por referencias e por exercícios na forma de perguntas, muitas com a resposta certa disponível.  Apesar de ser focalizado inteiramente no ponto de vista econômico dos serviços de saúde, o modulo é sucinto e traz bastante informação objetiva sobre os conceitos de custos e benefícios, equidade e vias de financiamento na política da saúde.  Os capítulos iniciais seriam aptos para estudantes que dominam o inglês básico (o modulo inclui um glossário), especialmente quem esta estudando matérias como Abrangência das Ações de Saúde. 

Pamela Moriearty
Docente da Southern Illinois University – School of Medicine – EUA
pmoriearty@siumed.edu